06 novembro 2006

Quioto

No âmbito do Protocolo de Quioto, 35 países industrializados comprometeram-se a limitar as suas emissões de gases de estufa, que fazem diminuir a camada de ozono na atmosfera e contribuem para o aumento da temperatura do planeta.

No entanto, segundo um relatório das Nações Unidas, a emissão de gases com efeito de estufa aumentou na passagem do século, apesar das boas intenções manifestadas no Protocolo de Quioto.

Os Estados Unidos da América, como grande potência industrial, são o país que mais gases com efeito de estufa produz, mas não subscreveram o Protocolo de Quioto.

O mesmo acontece com a China, uma grande potência emergente que atinge taxas de crescimento industrial cada vez mais significativas, mas onde a protecção ambiental é muito descurada.

2 comentários:

Engenheiro Bertinho disse...

pois... o principal poluidor é os Estados Unidos... e dos que fazem parte de quioto, Portugal é um mau exemplo do pouco que se fez nesta matéria... mais uma vez nesta situação podemos pôr em causa a soberania de um estado: Os estados unidos estão dependentes do petroleo de outros paises portanto se houvesse mesmo vontade politica de diminuir as emissões podia-se por exemplo bloquear as quotas de exportação para os EUA

edumad disse...

Portugal e um mau exemplo porque se armou em mau e "eu faco e aconteco" e depois e depois vai-se a ver e nao ha coragem para mexer nas politicas e fazer cortes fortes...
Os cortes aos EUA seriam um a medida politica, economica e estrategica exremamente estupida. Os lucros com certeza cairam, mas petroleo tem eles, suficiente para alimentar mais uma guerra e assegurar a proxima dose. e disso que se trata, de dependencia, vicio, a menos que haja uma transicao, descontaminacao da economia global estamos, podem crer bem tramados...